fbpx
ADS

A pandemia de Covid-19 transformou repentinamente a vida das pessoas. O distanciamento  social, medida que ajuda a achatar a curva de contágio do novo coronavírus (Sars-CoV-2), nos obrigou a reorganizar o dia a dia dentro de casa, muitas vezes aumentando o nível de estresse.

Uma das consequências de tanta mudança e tensão é a insônia, que nada mais é do que a dificuldade para pegar no sono ou dormir uma noite inteira. Dados disponibilizados pelo Google com exclusividade a GALILEU mostram que abril foi o mês em que mais se buscou o termo “insônia” na plataforma. O assunto está quase sempre relacionado a quarentena e medicamentos — a pesquisa por “remédio para insônia” aumentou 130% nos mês passado (Fonte: Revista Galileu).

ADS