fbpx
ADS

Se você tiver esses sintomas regularmente, você deve ser avaliado por um profissional.

  • Dificuldades persistentes de iniciar ou permanecer dormindo: resulta em prejuízo do funcionamento durante o dia
  • Sonolência diurna
  • Fadiga ou baixa energia: dificuldade de em prestar atenção e redução da concentração
  • Alterações da memória e concentração
  • Perturbação do humor: irritabilidade, depressão
  • Problemas comportamentais: impulsividade, agressividade
  • Prejuízo no funcionamento ocupacional ou social
  • Comportamentos anormais durante o sono: por exemplo, chutar, falar ou gritar, pesadelos, roncos, atuar durante os sonhos
  • Comer de maneira não controlada durante a noite
  • Aumento da probabilidade de erros, acidentes
  • Despertar com falta de ar, roncos ou apneias testemunhadas
  • Sensações desconfortáveis nas pernas na hora de dormir
  • Ranger os dentes
  • Acordar com dor de cabeça ou dor nos maxilares ou regiões auriculares

Fonte: Principais queixas que alertam sobre a presença de um distúrbio do sono, Semana do Sono 2020 – Cartilha do Sono. Realização: Associação Brasileira do Sono – ABSONO, Associação Brasileira da Medicina do Sono – ABMS e Associação Brasileira de Odontologia do Sono – ABROS. 

Foto: Freepik

ADS

Enviar meu comentário